segunda-feira, 1 de junho de 2015

PARA ASSISTIR: PARA SEMPRE ALICE (2015).


Em Para Sempre Alice (2015), o fato de a personagem principal, Alice Howland (Julianne Moore), ser professora de linguística chamou a minha atenção desde o início. Isso porque (para quem ainda não sabe) sou formada em Letras. O apreço da personagem pela comunicação é muito bem evidenciado e, creio eu, fez bastante diferença para que a gente entendesse o forte elo entre Alice, as palavras e as lembranças. Aqui, quem ficou encantada, fui eu.


Bem sucedida, tanto profissionalmente quanto em relação à vida familiar, as coisas tomam outro rumo para Alice quando ela percebe que um problema começava a atrapalhar muito o seu cotidiano: as falhas constantes de memória.


Após várias consultas ao neurologista, Alice descobre ser vítima do Alzheimer precoce que, além de raro, é hereditário. Daí por diante, as mudanças em sua rotina e na de sua família são, de fato, radicais. E é tocante notá-las.


Posso dizer por mim: é impossível segurar o choro! O amor que a família de Alice tem por ela se manifesta em cada decisão de seus familiares ao seu respeito, principalmente, na paciência do trato que tem com ela. Dito isso, vou evitar comentários mais detalhados; assim, você pode assisti-lo também e vir contar depois o que achou. Vamos combinar assim?


Se você ficou curioso e procura detalhes técnicos, clique aqui. Deixo o trailer, para aquele gostinho de "quero mais". Beijo e até!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu traço riscar!